Cápsula do Tempo

Clique aqui e escreva a sua cápsula :)

Oiii lindezas, quanto tempoooo!

  • Estou co-escrevendo um livro sobre Aprendizagem Autodirigida com os tutores do MoL;
  • Vou lançar meu 1º curso!!! Dá uma olhadinha nos bastidores da gravação.

Mas quero aproveitar esse finalzinho de ano para te fazer um convite:

Que tal escrever sua Cápsula do Tempo?

A Cápsula do Tempo é um projeto da LivMundi, um movimento de impacto socioambiental que visa democratizar o tema da sustentabilidade.

A Cápsula é uma forma bem babadeira para nos lembrarmos desse ano pandêmico. Pensa que seu eu de hoje vai escrever uma carta para seu eu do futuro, contando os principais marcos, desejos, sentimentos e pensamentos que habitaram em sua mente e borbulharam no seu coração em 2020.

Você pode utilizar as seguintes perguntas como guia:

  • Como tenho passado meu tempo?
  • Quero me lembrar sempre de…
  • Quem foi a minha companhia inseparável?
  • Como me senti viva?
  • Quem ou o que me ajudou?
  • Aprendi coisas novas?
  • O que me fez rir, chorar ou sentir?
  • O que eu vi quando olhei para dentro?

Na próxima terça (15/12), às 18h, vou participar de uma live com o pessu da @livmundi, para abrir minha cápsula do tempo! Leia a carta que estou enviando para a Amandinha de 2021 :)

Querida Amandinha do futuro, como você está?

Mulher, ano esquisito esse de 2020. Espero que 2021 esteja mais colorido, mais festivo e beeeem aglomerado ❤

Em janeiro de 2020, eu estava com a expectativa lá em cima, fazendo vários projetos e decidindo onde eu queria trabalhar. Uma jovem internacionalista, recém formada, com um desejo profundo de desbravar o mundo e me jogar no desconhecido!

Conversei com o pessu da AIESEC e decidi fazer o Global Talent, um programa de trainee internacional para jovens de 18 a 29 anos que são corajosos, destemidos e adoram resolver problemas complexos ao redor do mundo.

Fiz algumas entrevistas e fui aprovada para trabalhar na equipe de Recursos Humanos na Tata Consultancy, uma empresa de tecnologia localizada em Bangalore, Sul da Índia. Meu coração batia forte: um mix de animação, loucura e curiosidade pulsavam dentro do meu peito!

Passei por todos os processos e na próxima semana eu iria receber um e-mail com os documentos para levar para o consulado. No entanto…

Recebi um e-mail dizendo que a Índia tinha fechado as fronteiras por conta de um vírus chamado COVID-19! Senti raiva, tristeza, impotência… O que eu poderia fazer para contornar essa situação?

Chorei, conversei com Jesus, chorei de novo e decidi esperar. O e-mail dizia que se o vírus fosse controlado, a Índia iria abrir as portas dentro de 1 mês.

Mas não foi o que aconteceu… Passou 1, 2, 3 meses e nada! O #coronga mostrou que veio para ficar :( Decidi procurar emprego no Brasil, certa de que meu sonho não havia sido cancelado, mas sim adiado.

Comecei a marcar vários cafés com pessoas que eu admiro ou que trabalham em lugares que eu gostaria de trabalhar. Eu era super cara de pau, chamava no linkedin e compartilhava as minhas intenções. Muitos diziam sim, alguns diziam não e poucos me deixavam no vácuo. Ampliei minha rede de contatos e tive acesso a diversas pessoas com diferentes visões de mundo.

Em um desses cafés, conversei com a Clarissa, gerente de marketing do Youth Climate Leaders. Foi match perfeito: eu me apaixonei por ela, ela se apaixonou por mim e me convidou para ser mobilizadora de redes do YCL.

Contei tudinnn para Jesus e mergulhei nessa oportunidade :)

Em julho de 2020 minha vida virou de ponta cabeça, um oceano de oportunidades se abriu! Alex Bretas, uma das maiores referências sobre Aprendizagem Autodirigida, me chamou para ser tutora no Masters of Learning (MoL).

Apesar dos tempos pandêmicos, minha vida parecia uma montanha russa que só subia! Tinha alegria, um mix de emoções e MUITO frio na barriga. Em setembro me tornei embaixadora do Programa Cidadão Digital do Facebook e da Safernet, em outubro fui selecionada para ser uma das jovens embaixadoras da ONU, em novembro participei de webinars com vários deputados (Tábata Amaral, Alessandro Molon, Túlio Gadelha, Rodrigo Agostinho), em dezembro finalizei meu primeiro livro com os tutores do MoL e desenvolvi meu primeiro curso online (com a consultoria Leader Educa).

Eu vivi a correria mais maravilhosa do universo! Depois que passei a acompanhar o Pablo Marçal e o Breno Perrucho, entendi o real valor das conexões, aprendizagem e a lógica do transbordo.

Experimentei muita coisa linda, mas também passei por processos desafiadores! Este não é um texto de vitórias, este é um texto de lembranças! Eu errei, chorei e tive grandes decepções (e BOTA GRANDE NISSO). Contudo, aprendi a encarar o mundo com os olhos da abundância, certa de que eu não posso mudar as coisas que aconteceram comigo, mas posso controlar a maneira que eu reajo.

Amandinha, seu futuro é brilhante e todas essas conquistas não são nem sombra daquilo que há de vir. Continue aprendendo, experimentando e transbordando! A vida é maravilhosa demais e merece ser vivida na sua POTÊNCIA ❤

Seja grata pela vida que tem e construa a vida que sonha!”

Ecofeminista antirracista atuante em temas globais. Formada em Relações Internacionais, Amanda empreende o PerifaSustentavel, é colunista da Agência Jovem de Notícias e atua como mobilizadora de redes do Youth Climate Leaders. Entusiasta pela Agenda 2030, tem o objetivo de mobilizar jovens para construírem um Brasil inclusivo, colaborativo e sustentável, através das redes Embaixadores da Juventude, Engajamundo, Climate Reality Project, Global Shapers Community e United People Global.

#ForbesUnder 30 | Jovem Embaixadora da ONU | Ecofeminista Antirracista

#ForbesUnder 30 | Jovem Embaixadora da ONU | Ecofeminista Antirracista