Youth 20 — Itália

Posicionamento da juventude global para os membros do G20

Faaaala jovens, beleza?

Meu nome é Amanda, sou ativista climática e fui convidada pelo Instituto Global Attitude para representar o Brasil na cúpula do Youth 20 (Y20), o grupo oficial da juventude dos países que compõem o G20.

O evento ocorrerá nos dias 19 até 23 de julho de 2021, e contará com a participação de três musas maravilhosas: a Lara, Juli e euuuuzinha. Nós recebemos a missão de ser porta-voz da nossa nação e articular com jovens dos 20 países membros do G20, trazendo temas relacionados com:

  • Inclusão;
  • Sustentabilidade, Crise Climática e Meio Ambiente;
  • Inovação, Digitalização e Futuro do Trabalho.

Ao final do encontro, entregaremos um comunicado institucional com a visão de representantes da juventude global para os líderes das nações membros do G20.

“A oportunidade de representar a juventude brasileira no Y20 é singular. As organizações internacionais, em geral, permitem pouca inserção de atores não políticos na formulação de suas medidas, qualquer pequena abertura nessas conferências possibilita que indivíduos e organizações da sociedade civil incidam junto aos tomadores de decisões.” (Felipe Toledo)

Bem chique, né?

O G20 é um grupo formado pelos países mais ryyyycos do mundo (19 países + União Européia), que se encontram anualmente num fórum de cooperação e consulta internacional, com o objetivo de buscar formas de manter a economia estável.

“Os países do G20 são responsáveis por, aproximadamente, 90% da economia do Produto Interno Bruto (PIB) mundial, 80% do comércio internacional e cerca de 65% da população do planeta”. (Politize, 2017)

Alguns dos objetivos do grupo são:

  • Aproximar países com economias desenvolvidas ou em desenvolvimento;
  • Incentivar negociações econômicas internacionais;
  • Definir estratégias para um desenvolvimento econômico sustentável.

Nesse contexto, é fundamental que a juventude ocupe espaço junto com os tomadores de decisão. Quando falamos sobre economia mundial, fica evidente que o sistema capitalista de supremacia branca FALHOU COM AS FUTURAS GERAÇÕES!

Não basta apenas fomentar diálogos globais e apoiar acordos multilaterais, precisamos criar espaço para que os jovens proponham novas ferramentas, processos e estratégias, com o objetivo de tornar nosso planeta mais sustentável.

“Representar a juventude do Brasil no Y20 é construir um futuro mais inclusivo, diverso e sustentável por meio de um processo democrático e sem deixar pautas importantes para o nosso país para trás. É a oportunidade do cidadão do futuro dar destaque ao que realmente importa do hoje, refletindo no amanhã.” (Lara Cavalcanti)

A Lara, Ju e eu sabemos a importância desse rolê e queremos que essa experiência seja a mais inclusiva possível. Ao longo do semestre, realizaremos uma série de eventos nacionais para criar um posicionamento que reflita as demandas da juventude brasileira. Topa se jogar nesse desafio conosco?

Curtiu o artigo? Deixe suas palminhas, clicando até 50 vezes :) Aproveite para me seguir no Instagram, Tiktok, Twitter e LinkedIn!

Formada em Relações Internacionais, Amanda empreende o PerifaSustentavel, é colunista da Agência Jovem de Notícias, podcaster do Direto da Base e atua como mobilizadora de redes do Youth Climate Leaders. Liderança Forbes Under 30, Amanda tem o objetivo de mobilizar jovens para construírem um planeta inclusivo, colaborativo e sustentável, através das redes Embaixadores da Juventude da ONU, Global Shapers Community e United People Global.

#ForbesUnder 30 | Jovem Embaixadora da ONU | Ecofeminista Antirracista

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store