Pessoas normais podem transformar o mundo!

Hurricane Island, EUA

Oi lindezas, tudo bombom?

Vocês que me acompanham nas redes sociais (Instagram e LinkedIn) viram que eu estava nos States, participando da UPG Sustainability Leadership Program: uma capacitação internacional focado em liderança cidadã para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Toda a viagem foi financiada pela UPG, acredita? Como devolutiva, me comprometi a desenvolver um projeto e facilitar um mini-treinamento.

Vou contar como tuuuuudinho aconteceu, fazendo um recorte sobre:

  1. O que é a UPG (United People Global)
  2. Meu processo de application
  3. O programa UPG Sustainability Leadership
  4. Meu projeto: PERIFASUSTENTAVEL

Quem sabe não é você arrasando na UPG no próximo ano? =)

A UPG é uma rede criada pelo Yemi Babington-Ashaye, um nigeriano arrasador que empodera pessoas para serem agentes de transformação!!! Yemi já foi economista, cientista em administração, contabilista, professor de Harvard, gerente de projetos, chefe da comunidade Global Shapers, diretor e vice-chefe da África no Fórum Econômico Mundial, Assessor Técnico em Crescimento Econômico do Ministério da Fazenda da Nigéria e agora está presidindo o United People Global!

Com o objetivo de “fazer do mundo um lugar melhor”, a UPG aumenta a voz de quem deseja realizar projetos de impacto, acreditando que pessoas ordinárias podem implementar a Agenda 2030.

A UPG foi criada para fazer do mundo um lugar melhor, empoderando pessoas ordinárias nos seus projetos individuais. (Yemi Babington-Ashaye)

Desse modo, a UPG existe para criar oportunidades para viabilizar a construção de uma realidade de impacto, por via de quatro pilares: aumentando a consciência, fortalecendo a crença, facilitando a colaboração e promovendo a comunidade.

CONSCIÊNCIA: “É possível! ” Mostra diferentes maneiras pelas quais as pessoas podem se engajar para tornar o mundo um lugar melhor. Ex: Ajudando as pessoas a entenderem e explorarem os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas.

CRENÇA: “Sim, podemos!”: vai além da consciência e aumenta a crença de que cada pessoa é capaz de causar impacto. Ex: Desenvolvendo e promovendo iniciativas que tornam o mundo um lugar melhor por meio de treinamentos e capacitações.

COLABORAÇÃO: “Vamos trabalhar juntos!” Desenvolve e defende iniciativas nas quais as pessoas podem trabalhar juntas, usando como base os ODS.

COMUNIDADE: “Você não está sozinho!” Promove um senso de comunidade entre pessoas de vários países que compartilham um mesmo senso de propósito: tornar o mundo um lugar melhor.

Esses 4 pilares são atingidos através de três caminhos:

  • Publicações de artigos e relatórios;
  • Facilitação de iniciativas de impacto direto;
  • Organização de evento e interações.

A UPG não é apenas sobre indivíduos. A UPG é sobre o mundo que queremos construir! (Yemi Babington-Ashaye)

Agora vou contar sobre meu processo de Application =)

Antes de aplicar, participei de uma vídeo-chamada com o Rodrigo Nunes e com a Ana Queiroz. O Rodrigo é facilitador do programa e a Ana participou da primeira edição. Nessa chamada, eles contaram um pouco sobre o treinamento e compartilharam dicas para escrever um application lacrador! hehe

Na primeira fase, tive que responder às seguintes perguntas:

  • Sua biografia: compartilhe um pouco sobre você e sua jornada até agora.
  • Por que você quer ser um líder de sustentabilidade da UPG?
  • Qual é o pilar da UPG que vibra mais forte em seu coração?
  • Use este pilar para nos dar um exemplo de algo que você considera uma ação positiva em sustentabilidade.
  • Por favor, forneça uma lista de todos os pontos fortes que você acredita que o tornam capazes de ser um líder de sustentabilidade da UPG.
  • Por favor, escolha UM dos pontos fortes acima e conte-nos um momento em que você usou esse poder para alcançar algo.
  • Você tem experiência em que atuou como voluntário? Se sim, conte-nos o que você fez/o que aprendeu com a experiência. Se você nunca fez nenhum voluntariado, diga-nos o motivo.
  • Se você fosse liderar um projeto de sustentabilidade em sua comunidade, o que seria e por quê?
  • Compartilhe os desafios que você espera ter para executar este projeto. E como você superaria os desafios?
  • Cada Líder de Sustentabilidade se compromete a organizar uma sessão de mini-treinamento. Conte-nos sobre como pode ser sua sessão de mini-treinamento:
  • Você participa de alguma outra rede?
  • Diga-nos como eles podem ajudá-lo.
  • OPCIONAL E FORTEMENTE RECOMENDADO — Envie um vídeo de 2 minutos para responder a qualquer uma das perguntas de qualquer seção acima ou para nos contar mais sobre você.

Meu vídeo:

A segunda fase foi mais direta: tinha apenas 3 perguntas:

  • Você pode nos contar um pouco mais sobre sua iniciativa e/ou mini treinamento?
  • Gostaríamos muito de saber se você tem alguma recomendação sobre o que deve ser incluído no plano de estudos ou sobre o que gostaria de discutir durante o Programa.
  • Você tem alguma dúvida no momento?

Confesso que nessa hora deu um friozinho na barriga, era o momento de tudo ou nada! Antes de receber a confirmação, precisei me aplicar para me tornar uma UPG CHAMPION.

Os Champions são Indivíduos ou organizações que acreditam na missão do UPG e gostariam de fazer um COMPROMISSO para ajudar a rede a alcançar sua missão!

As perguntas para se tornar um “Campeão UPG” são bem simples, porém profundas:

  • Por que você quer ser um campeão UPG?
  • O que você descreve como seu “super poder”?
  • Sua biografia: compartilhe um pouco sobre você e sua jornada até agora.

Dica MARAVIGOLD: Encontre um amigo arrasador para te ajudar no application! Debater ideias, sugerir propostas e revisar a tua escrita são um diferencial na hora de você ser aprovado! (Obrigada Aninha ❤)

Ai galera, confesso que a ideia de viajar sozinha para outro país me deu um FRIOZÃO na barriga! rs

Cheguei nos EUA 2 dias antes de começar o programa e dividi um airbnb com a Alejandra, uma Colombiana m-a-r-a-v-i-l-h-o-s-a que também iria participar do programa e topou turistar Boston comigo. Fomos para Harvard, MIT, biblioteca pública de Boston, Walmart e passamos a tarde conhecendo o Centro da cidade.

No dia seguinte, encontramos a galera e seguimos rumo à Hurricane Island Center for Science and Leadership, o local onde receberíamos o treinamento da UPG Sustainability Leadership.

Logo abaixo, preparei uma descrição geralzona da agenda na ilha, trazendo um recorte para as atividades que mais me marcaram:

22/09 — Domingo:

Tomamos um delicioso café da manhã americano: waffles, panquecas, sucrilhos, muffins, iogurte, cookies, ovos, bacon e salsicha!

A tarde fomos para o aeroporto, pois nosso ônibus rumo a Rockland partiria de lá. Chegando em Rockland, pegamos um barco até a Hurricane Island. O barco lotou, e eu me voluntariei para ir num barco menor com o Yemi, Lilla e Bo.

Fiz um vídeo explicando o que faríamos durante a semana, um pouco sobre as facilitações e como VOCÊ, interessado na UPG Sustainability Leadership, pode se engajar para participar do treinamento.

Chegamos na ilha, tivemos uma janta MARACHERRY e subimos para a sala de projetos.

Foi uma noite de bate-papo e inspiração! Yemi compartilhou sua trajetória, sua visão de mundo e de onde veio a ideia maluca de criar a United People Global!

Profundidade, aprendizagem e paixão definiram esse momento!

Lembro que meu coração queimava enquanto Yemi falava, fechei meus olhos e deixei que aquelas palavras vibrassem dentro do meu ser. Fui contagiada, acolhida e empoderada por toda energia positiva presente na sala!

No final da conversa, Yemi nos deu os seguintes conselhos:

  • Esteja sempre presente;
  • Faça os exercícios com excelência;
  • De seu máximo;
  • Crie um espaço seguro;
  • Escolha ser você mesmo;
  • Se motive/seja motivado;
  • Tenha uma energia positiva.

23/09 até 27/09 — Segunda à Sexta

Sempre começávamos o dia com uma caminhada pela ilha. Subimos picos, apreciamos o mar e tivemos momentos fortes de conexão com a natureza!

Durante as manhãs, recebemos facilitações para desenvolver nossos projetos. Os temas foram:

  • Segunda: Qual é o seu projeto?
  • Terça: Quem você precisa envolver?
  • Quarta: Qual é o seu plano?
  • Quinta: Apresentando seu projeto e seu plano.
  • Sexta: O que você vai levar para casa?

A tarde era nosso momento de explorar a ilha: conhecemos os painéis solares, hortas, tratamento de água, banheiros de compostagem e as atividades comerciais (pesca de lagosta e caranguejo) da região.

Galerix, pausa para uma reflexão:

Esse ano eu me reconheci como uma MULHER PRETA DA PERIFERIA. Apesar de eu ser negra e morar na periferia, não sentia orgulho em apresentar essa realidade. Contudo, passei por um processo profundo de reconhecimento, reflexão e valorização da cultura afro que me fizeram conhecer a minha ancestralidade e re-significar a minha existência. (Visite os textos: Sou Mulher, Preta e Periférica e Afrotransbordamento).

Desde então, desejo transbordar!! O PERIFA SUSTENTÁVEL não é um simples projeto que desenvolvi no treinamento da UPG, mas faz parte da minha história e do meu processo de afirmação enquanto mulher, preta e periférica!

O PERIFA SUSTENTÁVEL nasceu para ser uma plataforma de compartilhamento de informações, e promoção de debates sobre a Agenda 2030, tendo as periferias paulistanas como público-alvo.

Se queremos ter sucesso na implementação da Agenda 2030, precisamos dialogar com as periferias de forma simples, inspiradora e propositiva!

  1. Conta no Instagram para compartilhamento de conteúdo sobre a Agenda 2030, especificamente a redução de Desigualdades (ODS 10) e Ação Climática (ODS 13).
  2. Workshops em escolas: Agenda 2030 e o jovem brasileiro — desafios e oportunidades.
  3. Formação de embaixadores: Quero mais e mais e mais pessoas promovendo a Agenda 2030! =D

Após apresentar o meu projeto, recebi feedbacks de um grupo com mais de 30 empresários, ativistas, professores, estudantes, médicos, consultores, facilitadores, empreendedores, chefes de cozinha e artistas de 16 nacionalidades!

No dia 27 de setembro de 2019, me tornei oficialmente uma líder de sustentabilidade pela United People Global! 👏🏾

A UPG se tornou uma união de PROPÓSITOS! Aprendi que a nossa vida não é apenas sobre FAZER. Nossa vida é sobre SER e TRANSBORDAR! ❤

Curtiu o texto? Bata 10 palminhas, comenta, manda nos grupos de Whatsapp, compartilha no face e me marca nos stories do Insta =)

Amanda Costa é estudante de Relações Internacionais, empreende o Climathon Brasil, coordena o Grupo de Trabalho sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (GT ODS) no Engajamundo, é facilitadora da Plant-for-the-Planet, participa das redes Global Shapers Community, United People Global (UPG) e Youth Climate Leaders (YCL).

#ForbesUnder 30 | Jovem Embaixadora da ONU | Ecofeminista Antirracista

#ForbesUnder 30 | Jovem Embaixadora da ONU | Ecofeminista Antirracista