#06 Young Leaders Program

Fala minhas lindezas climáticas, bele? :)

Hoje entramos no segundo módulo do Young Leaders Program, um treinamento referência no Brasil que apoia a formação de jovens lideranças, tanto do campo privado quanto no terceiro setor.

Nesse sexto encontro, contamos com a facilitação do Guto, que trabalha com inteligência comercial na Tribo e nos trouxe uma visão geral sobre Comunicação Não Violenta (CNV), um conceito desenvolvido por Marshall Rosenberg.

Vemkbb, você já ouviu alguma das seguintes afirmações?

  • Eu sou responsável pelo o que eu digo, não pelo o que você entende.
  • Você quer ser feliz ou ter razão?
  • Parece que falamos idiomas diferentes.
  • Você distorce tudo oque eu digo.

“A CNV é um conjunto de ideias, princípios e técnicas de linguagem que servem para nos ajudar a manter nossa atenção e intenção dirigidos ao cuidado da vida.” (Guto)

Desse modo, a CNV suporta um modo de pensar e se comunicar que nos conduz à conexão genuína com nosso interlocutor. Existem dois elementos responsáveis por pavimentar esse caminho:

  • Necessidades humanas universais: de amor, acolhimento, abrigo, alimento, empatia, valorização, honestidade.
  • Liberdade: de pensar, agir e escolher — o que nos torna diferente.

“Quando nossas necessidades não são atendidas, temos a LIBERDADE de escolher como queremos reagir, podemos buscar punição, culpa, vergonha ou construir de forma colaborativa um caminho para a satisfação mútua das necessidades.” (Guto)

Como mergulhar na jornada da CNV?

  1. Observação: O primeiro passo é a observação. Nesta etapa paramos de avaliar as ações e mudamos o foco. Observamos o que realmente o outro está fazendo sem considerar nossa visão ou opinião sobre o acontecimento ou fala.
  2. Sentimento: Na segunda etapa precisamos identificar como estamos nos sentindo com a situação, tomando cuidado para não julgar ou colocar a culpa pelo sentimento no outro. É necessário honestidade para assumir a responsabilidade pelo sentimento.
  3. Necessidade: Na terceira etapa vamos identificar quais necessidades não foram atendidas e que estão ligadas ao sentimento que identificamos na etapa anterior. Ao entender qual é a necessidade, será mais fácil realizar a etapa seguinte praticando comunicação não-violenta.
  4. Pedido: o que você deseja do outro?

Uma frase guia que você pode utilizar para facilitar seu uso da CNV é:

  • O que eu posso fazer para tornar sua vida mais maravilhosa?

Mas também não esqueça de você! Sempre se pergunte:

  • O que eu poderia fazer para tornar a MINHA vida mais maravilhosa?

Agora é hora de agir! Mantenha seu coração aberto, respire fundo e busque desenvolver conexões profundas e genuínas com seus pares ❤

Se está curtindo aprender juntinho comigo deixe suas palminhas, clicando até 50 vezes. Aproveite para me seguir no Instagram, no Tiktok e no LinkedIn :)

Amanda Costa é ativista climática, jovem conselheira da ONU, delegada do Brasil no G20 Youth Summit e fundou o Instituto Perifa Sustentável. Formada em Relações Internacionais, Amanda foi reconhecida como #Under30 na revista Forbes, LinkedIn Top Voices e Creator, TEDx Speaker e atua como vice-curadora no Global Shapers, a comunidade de jovens do Fórum Econômico Mundial.

--

--

#ForbesUnder 30 | Conselheira Jovem da ONU | Dir. Executiva do Perifa Sustentável

Love podcasts or audiobooks? Learn on the go with our new app.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store