#03 Young Leaders Program

Olá meu suquinho de uva integral :)

Chegamos na terceira aula do Young Leaders, um programa de formação de lideranças facilitado pelo professor Augusto Júnior do Instituto Anga.

Guto abriu a sala pedindo para a gente comentar com nossos pares sobre nossos rituais, ou seja, as atividades que escolhemos para alimentar o nosso autocuidado, autoconfiança e autodesenvolvimento.

Eu, por exemplo, faço as seguintes tarefas:

  • Autocuidado: prática de exercícios físicos;
  • Autoconfiança: leitura da Bíblia + exercício de visualização;
  • Autodesenvolvimento: leitura de livros + escrita de artigos no blog.

De acordo com Guto, a autoconfiança é afrodisíaca e magnética, ela tem a ver com acreditar no próprio potencial para resolver os desafios, dificuldades e problemas, sempre a partir de práticas consistentes.

“Independente se estou no pico ou no vale, eu mantenho a consciência porque eu sei quem eu sou.” (Augusto Júnior)

O que você foca, expande. Desse modo, é importantíssimo criar mecanismos para aumentar a autoconfiança. Que tal:

  • Usar as redes sociais para guardar bons momentos?
  • Ligar para amigos que num momento difícil, trarão palavras de apoio?
  • Dizer palavras gentis para si mesmo quando se olhar no espelho?

O processo de autoconfiança passa por você aceitar quem você é. Pense no que você pode fazer para chegar no seu melhor, evite as coisas que te deixam mal e crie um sistema para garantir que mesmo que você não esteja na sua melhor performance, você atingirá o progresso mínimo viável.

Progresso mínimo viável: compromisso que você estabelece consigo mesmo para avançar em uma determinada tarefa. Ex: ao invés de falar para si mesmo que lerá 1 hora todos os dias, você pode ler apenas uma página no dia que não estiver se sentindo muito bem ❤

A marcha das 20 milhas | Jim Collins

No final do dia, o que faz uma boa liderança é o resultado que ela entrega, pois são nos momentos de pressão que essa pessoa demonstrará sua autoconfiança com autoridade.

Querido leitor, talvez nesse momento você esteja pensando:

Que teoria linda! Mas como posso aplicar a autoconfiança na prática?

A real-oficial é que antes de encontrar a autoconfiança, precisamos encontrar o propósito, a causa que nos move. Isso pode ser realizado a partir de quatro pilares:

  1. Propósito como objetivo: “Ter um desejo ardente para atingir algo” (Napoleon Hill)
  2. Propósito como contribuição: qual é a contribuição que eu quero gerar na minha organização? E para o mundo?
  3. Significado: que critérios você está usando para definir a sua vida?

Os 4 propósitos universais de acordo com Ed René Kivitz:

  1. Amar e ser amado
  2. Relacionar, somos seres coletivos
  3. Criar, colocar criatividade em ação
  4. Transcender, a busca profunda pela espiritualidade

“Diante dos problemas da vida, podemos escolher amadurecer ou amargurar.” (Autor desconhecido)

Curtiu o texto? Deixe suas palminhas, clicando até 50 vezes :) Aproveite para me seguir no Instagram, Tiktok, Twitter e LinkedIn!

Amanda Costa é ativista climática, jovem conselheira da ONU, delegada do Brasil no G20 Youth Summit e fundou o Instituto Perifa Sustentável. Formada em Relações Internacionais, Amanda foi reconhecida como #Under30 na revista Forbes, LinkedIn Top Voices e Creator, TEDx Speaker e atua como vice-curadora no Global Shapers, a comunidade de jovens do Fórum Econômico Mundial.

--

--

#ForbesUnder 30 | Conselheira Jovem da ONU | Dir. Executiva do Perifa Sustentável

Love podcasts or audiobooks? Learn on the go with our new app.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store