#03 Formação de Consciência Negra

Olá minha mexerica orgânica :)

Estou firme e forte no aprofundamento das discussões em relação às pautas raciais. Na aula de hoje, dialogamos bastante sobre a negação da negritude e o poder da autoafirmação.

Querida leitora, já reparou como muitas pessoas negras tentam se embranquecer? Elas utilizam o eufemismo, dizendo frases como “sou moreninha”, “tenho cor de bombom” e “minha pele é um pouco queimada”. Me dói dizer, mas muitas dessas frases é para evitar dizer que é negro.

“As pessoas que se negam têm um comportamento parecido, que é essa vontade de se aproximar do que é europeu do que aquilo que lembra sua negritude.” (Rosa Matoso)

Isso é uma crueldade, uma violência! O racismo impregnou determinados comportamentos que nos sufocam e nos matam pouco a pouco. Mas calma, respira e não pira, pois tenho uma boa notícia: o conhecimento liberta.

A reaaal-oficial é que gosto é uma construção social e precisamos questionar a realidade eurocentrada que nos imposta. Querida leitora, sempre se pergunte:

  • Porque eu fiz determinada escolha?
  • Qual é o motivo que me fez optar por seguir este caminho?
  • O que posso aprender com essa situação?

A forma como achamos que somos vistos, dá sentido a maneira como nós mesmos nos vimos. Quem nunca ouviu aquela frase?

“Branco correndo é atleta, negro correndo é ladrão.”

Essa expressão não saiu do nada, ela faz parte do psiquismo social. Tanto o racista que se nega racista quanto o negro que não pode ou não quer rebater o que foi dito, estão escolhendo palavras para não entrar no conflito, no limite da expressão verbal.

Uma coisa precisa ficar bem escura: o racismo só poderá ser efetivamente combatido se for no coletivo. Precisamos articular grupos, ampliar os espaços de diálogo e fomentar a transformação social, econômica e política.

Se está curtindo aprender juntinho comigo deixe suas palminhas, clicando até 50 vezes. Aproveite para me seguir no Instagram, no Tiktok e no LinkedIn :)

Amanda Costa é ativista climática, jovem conselheira da ONU, delegada do Brasil no G20 Youth Summit e fundou o Instituto Perifa Sustentável. Formada em Relações Internacionais, Amanda foi reconhecida como #Under30 na revista Forbes, LinkedIn Top Voices e Creator, Global Shaper (Fórum Econômico Mundial), TEDx Speaker e hoje atua como apresentadora do #TemClimaParaIsso? um programa sobre crise climática.

--

--

#ForbesUnder 30 | Conselheira Jovem da ONU | Dir. Executiva do Perifa Sustentável

Love podcasts or audiobooks? Learn on the go with our new app.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store
Amanda da Cruz Costa

Amanda da Cruz Costa

300 Followers

#ForbesUnder 30 | Conselheira Jovem da ONU | Dir. Executiva do Perifa Sustentável